Recomendações para o treino

Mulher faz alongamentos na rua, em mais uma sessão de actividade física, recomendações para o treino.

As recomendações para o treino constituem uma referencia para uma vida plena e saudável que deve ser seguida por todas as pessoas. Se assim for a população pode retirar imensos benefícios para a saúde e bem estar enquanto se afasta doenças cardiovasculares. Segundo a organização mundial de saúde (OMS) no mínimo devem ser cumpridos os 150 minutos por semana, ou seja uma hora e trinta minutos semanais, o que não é muito, se tivermos em conta que uma semana tem 168 horas.

Na nossa opinião é um começo mas as pessoas devem ser mais ambiciosas e podem ter no horizonte a possibilidade de ultrapassar esses 150 minutos, para que o exercício físico ganhe consistência.

Recomendações para o treino por faixa etária

Entre os 5 e os 17 anos:

As recomendações para o treino para as crianças devem assentar no pressuposto delas serem ser livres para escolher as suas actividades e fazer um pouco de tudo. As brincadeiras com outros amigos são fundamentais, quer na escola, quer na zona de residência, no clube ou na associação.

Acreditamos que, em qualquer dos casos, a criança deve explorar, jogar, brincar informalmente e também praticar desporto formal no clube. Treinar e competir formalmente com as devidas regras traz outro tipo de desafios para as criança e jovens, que podem ser muito úteis para o seu desenvolvimento social. A relação das crianças com as regras é também um tema interessante. As crianças quando estão a brincar em grupo têm uma enorme facilidade para inventar brincadeiras e códigos regulamentares com que gerem as próprias brincadeiras. As necessidades naturais do crescimento saudável das crianças e jovens vai para para lá destas recomendações para o treino.

No contexto do clube, as regras são impostas pela própria modalidade e pelos adultos que a coordenam.
À medida que as crianças se desenvolvem vão deixando progressivamente as actividades informais e aderem às actividades formais.

Pensando de uma forma mais integral do desenvolvimento, as crianças e jovens devem praticar:

  • No mínimo 60 minutos de actividade física diária, moderada ou intensa, sendo que as actividades de elevada intensidade devem estar presentes três vezes por semana.

Dos 18 ao 65 anos:

Para analisarmos se é actividade física, tendo em conta as recomendações para o treino, apenas podemos considerar quando existe o envolvimento de 2/3 da massa muscular, ou seja, se envolvermos a musculatura das pernas já podemos falar em actividade física. Podem ser comtempladas diversas actividades, deixamos aqui alguns exemplos:

Dois homens fazem actividade física, pedalando cada um na sua bicicleta na estrada. Tema do artigo: recomendações para o treino.
  • Caminhar;
  • Pedalar;
  • Actividade laboral física;
  • Exercício físico formal indoor ou outdoor.

Devemos aqui fazer a seguinte ressalva, o treino de braço, no caso da musculação, não obedece a este critério e também é actividade física, uma vez que existe uma divisão de treino em que num dos treinos se isola todo o braço, e os restantes grupos musculares são treinados noutros dias da semana. Pela nossa experiência a consistência, a regularidade e o compromisso são a chave para a manutenção da saúde, como temos vindo a explicar ao longo das publicações no blog da Fiquemforma.

Os 150 minutos por semana, enquanto recomendações para o treino, são o primeiro nível de exigência. Nós entendemos que, os 250 minutos por semana potenciam os benefícios e o treino acaba por ficar mais fácil de ser realizado, visto que há mais capacidade física. Se pensarmos no conceito de manutenção física, é fácil compreender que se a pessoa está num nível mau em termos de composição corporal, vai ficar na mesma. Hoje é sabido que a obesidade é uma doença que prejudica o natural funcionamento do organismo.

fiquemforma - simulador

Experimente
o nosso

Fiquemforma - Programas de treino
Treino personalizado

Conheça os programas de treino Fiquemforma

Artigos Semelhantes